Jornal JF
Fique por dentro das últimas notícias sobre INSS, economia, auxílios, 13º salário, FGTS e impostos com o Jornal JF - o mais completo e confiável

Deputada Líder do PSOL exige investigação sobre despesas de Bolsonaro no Bandeirantes, Confira

Entenda aqui os argumentos que a deputada Érika Hilton usou para pedir a investigação das despesas de Bolsonaro.

0

A deputada federal Érika Hilton (PSOL-SP), líder do seu partido na Câmara, e a ativista Amanda Paschoal pediram investigação das despesas de Bolsonaro, ex-presidente do Brasil, durante suas estadias no Palácio dos Bandeirantes.

Elas alegam violação do princípio da impessoalidade e uso de dinheiro público para despesas que não tem a ver com o interesse da população. Por isso, entraram com um pedido junto à Justiça de São Paulo para que medidas sejam tomadas em relação a isso.

Continue a leitura e entenda melhor sobre este assunto.

Pedido de investigação das despesas de Bolsonaro

Deputada do PSOL pede investigação das despesas de Bolsonaro no Palácio dos Bandeirantes (Fonte: Agência Brasil).
Deputada do PSOL pede investigação das despesas de Bolsonaro no Palácio dos Bandeirantes (Fonte: Agência Brasil).

Érika Hilton, deputada federal pelo PSOL-SP e líder do seu partido na Câmara, junto com a ativista Amanda Paschoal solicitaram a investigação das despesas do ex-presidente Bolsonaro (PL) durante suas estadias no Palácio dos Bandeirantes, que é a residência oficial do ex-ministro de Bolsonaro e atual governador de São Paulo, Tarcísio de Freitas (Republicanos).

Leia mais: Em Ato na Paulista, Bolsonaro Reforça Base e Desafia Críticas das Investigações

A justificativa para a investigação é a violação do princípio da impessoalidade e o pagamento de despesas com dinheiro público que não tem a ver com o interesse da população. Elas enfatizam que o ex-presidente ficou hospedado no Palácio em várias ocasiões e nenhuma delas tinha relação com o interesse público ou fazia parte de uma agenda oficial.

Leia mais: Bolsonaro cometeu um erro ao duvidar da economia de Lula, e agora poderá pagar caro por isso!

Portanto, o governador não poderia ter utilizado recursos públicos para hospedar amigos ou parentes sem uma justificativa coerente. Essa foi a motivação para que elas entrassem com um pedido junto à Justiça de São Paulo para que medidas sejam tomadas em relação a essa situação.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Solicitação da deputada junto a justiça de São Paulo

No pedido da deputada e da ativista foi solicitado a proibição do governador em relação à hospedagem de pessoas no Palácio dos Bandeirantes que não tenham agenda oficial ou compromisso de interesse público. 

Leia mais: Bolsonaro será preso? Entenda a polêmica

Além disso, elas pedem que sejam investigadas todas as despesas causadas pelo ex-presidente durante sua passagem pela residência oficial desde que ele deixou a presidência em janeiro de 2023. Por fim, solicitam que tanto o governador quanto Bolsonaro sejam condenados e reembolsem os cofres públicos de São Paulo.

Veja Também: Veja quem tem direito ao abono extra do INSS

MARAVILHA: 6 GRUPOS do INSS vão poder ter GRANA na CONTA? + ABONO EXTRA (Fonte: João Financeira TV).

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.