Jornal JF
Fique por dentro das últimas notícias sobre INSS, economia, auxílios, 13º salário, FGTS e impostos com o Jornal JF - o mais completo e confiável

Casos de dengue disparam em todo Brasil – Veja como se prevenir

Neste momento crucial de epidemia da dengue, veja como se proteger contra os casos.

0

Em um cenário preocupante, a cidade de São Paulo enfrenta um aumento significativo nos casos de dengue, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico que saiu nesta segunda-feira, 5. Em um intervalo curto de 30 dias, o número de casos saltou para 3.344, acendendo um sinal de alerta para que a população saiba como se prevenir contra a dengue.

Embora as estatísticas até o momento não confirmem óbitos relacionados à dengue, a rápida propagação do vírus demanda a atenção imediata das autoridades de saúde e da população. Este aumento expressivo de casos reflete não apenas a urgência de medidas preventivas, mas também a necessidade de conscientização e engajamento da comunidade na eliminação de possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti.

Sendo assim, é fundamental que todos estejam cientes dos sinais e sintomas da dengue, bem como das práticas eficazes para prevenção. Veja a seguir dicas para se prevenir!

Brasil tem 262,2 mil casos prováveis de dengue

Veja a seguir: como se prevenir contra dengue?
Veja a seguir: como se prevenir contra dengue? (Fonte: Reprodução Google)

De acordo com dados do Ministério da Saúde, o Brasil apresenta 262.247 casos prováveis de dengue, com 29 mortes confirmadas até a tarde desta sexta-feira (2). Além disso, há 173 óbitos em fase de investigação. 

Na quarta semana epidemiológica do ano, de 21 a 27 de janeiro, o país registrou 59.612 casos prováveis de dengue, um aumento significativo de 189,2% em comparação ao mesmo período do ano anterior, que contava com 20.614 casos.

Leia mais: Entenda como fazer a Prova de Vida do INSS em 2024: Passos para garantir seu Benefício!

O Distrito Federal destaca-se como líder na incidência de casos prováveis, com uma taxa de 1.147,8 por 100 mil habitantes, seguido por Acre, Minas Gerais e Paraná.

Confira a tabela completa com o número de casos em cada parte do Brasil!

Leia mais: Lula fecha acordo e anuncia grande obra pública em São Paulo – Confira

EstadoCoeficiente de incidência(por 100 mil habitantes)Casos prováveis
Distrito Federal1.147,832.334
Acre458,83.808
Minas Gerais431,388.587
Paraná273,931.337
Goiás211,514.922
Espírito Santo200,47.682
Rio de Janeiro115,718.580
Amazonas100,13.944
São Paulo93,341.151
Amapá70,4516
Santa Catarina68,55.211
Mato Grosso do Sul58,71.617
Mato Grosso54,01.974
Tocantins37,5567
Rio Grande do Sul22,22.420
Rondônia21,8345
Bahia20,82.935
Rio Grande do Norte20,0659
Sergipe12,4273
Piauí10,7350
Pará10,6863
Paraíba8,8350
Pernambuco6,8614
Ceará6,7592
Roraima5,032
Alagoas5,0156
Maranhão1,9127

O Ministério da Saúde divulga que, considerando os casos prováveis, 57,7% dos indivíduos são do sexo feminino, enquanto 45,3% são do sexo masculino. Quanto à faixa etária, a maioria está compreendida entre 30 e 39 anos.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS do Jornal JF pelo WhatsApp

Confira 5 dicas para prevenir a dengue

Utilize repelente 

Aplicar o produto nas áreas expostas do corpo, como braços e pernas, é uma forma eficiente para repelir mosquitos da pele.

Cubra a maior parte do corpo, quando possível 

O Aedes aegypti é atraído pela substância liberada pelo corpo humano através do suor e da respiração. Portanto, é crucial optar por vestimentas que cubram a maior parte do corpo como medida para reduzir esse atrativo.

Leia mais: Nova regra para o Abono Salarial 2024 – Confira

Elimine focos de água parada 

Evite deixar recipientes de água descobertos em sua residência, pois o mosquito pode utilizar diversos locais como criadouros, desde grandes reservatórios como caixas d’água e piscinas sem cobertura até pequenos objetos, como tampas de garrafas e vasos de plantas.

Coloque telas em janelas e portas 

Permaneça, de preferência, em áreas equipadas com telas de proteção, mosquiteiros ou outras barreiras disponíveis.

Leia mais: Antecipação Confirmada? Descubra se o INSS Vai Pagar o 13º Salário em 2024 mais cedo

Aplique inseticidas e larvicidas 

Os inseticidas desempenham um papel crucial na prevenção da dengue, auxiliando na eliminação de possíveis criadouros de mosquitos tanto em ambientes abertos quanto fechados. Assim, realize aplicações periódicas de inseticidas e larvicidas em todas as áreas externas da residência como parte das medidas preventivas.

Veja Também:

NOVO VALOR do 13 SALÁRIO dos APOSENTADOS em 2024? CONSULTE VALORES e CALENDÁRIO de PAGAMENTOS INSS (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.