Jornal JF
Fique por dentro das últimas notícias sobre INSS, economia, auxílios, 13º salário, FGTS e impostos com o Jornal JF - o mais completo e confiável

INSS Utiliza Inteligência Artificial para Combater Fraudes em Atestados Médicos

Descubra como o INSS está usando Inteligência Artificial para fiscalizar atestados médicos e combater fraudes. Veja mais aqui!

0

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) adotou recentemente uma tecnologia de inteligência artificial para a avaliação de atestados médicos relativos ao auxílio-doença. Nesse sentido, usam a plataforma Atestmed para submeter os atestados, onde passam por um sistema automatizado desenvolvido pela Dataprev.

Em um cenário onde fraudes são cada vez mais comuns, este novo método de fiscalização é um avanço. Afinal, a implementação dessa ferramenta, um robô capaz de analisar minuciosamente os documentos recebidos, visa identificar indícios de falsificação e evitar práticas ilícitas. Saiba mais!

INSS e Inteligência Artificial

Inteligência Artificial detecta atestados falsos entregues ao INSS
Inteligência Artificial detecta atestados falsos entregues ao INSS (Fonte: Edição / Jornal JF)

O algoritmo é para cruzar diversas informações, incluindo o nome do médico que emitiu o atestado, a assinatura e o CRM correspondente. Além disso, o endereço de origem do arquivo digital também passa por verificação.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS do Jornal JF pelo WhatsApp

Em 2023, mais de 1,6 milhão de reclamações registraram-se através da plataforma Atestmed. Quase metade dessas solicitações teve a negativa por não estarem de acordo com as regras estabelecidas.

As consequências da falsificação

Entre as consequências previstas pela legislação para quem falsifica ou utiliza atestados falsos, destaca-se a pena de até cinco anos de prisão. Se o beneficiário do auxílio-doença adquirir atestados fraudulentos, pode ser demitido por justa causa e obrigado a reembolsar todos os valores que recebeu indevidamente.

Leia mais: Realize a Prova de Vida do INSS Online em 2024: Saiba Como Funciona

Como deve ser um atestado válido?

Para ter validade, o atestado deve ter a assinatura médica com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) e não pode apresentar nenhuma rasura. Bem como, é necessário que o documento especifique o tempo de afastamento necessário, estabeleça um diagnóstico, registre os dados de maneira legível, identifique o médico responsável e apresente o número do CID correspondente.

Leia mais: Projeto de Lei Promete Aumento de 5% a cada 5 anos para Aposentados do INSS

Por outro lado, considera-se falso o atestado médico quando criado por alguém sem a devida qualificação, apresenta informações inverídicas ou mostra indícios de adulteração do documento.

A aprovação para o recebimento do auxílio-doença exige que o segurado apresente a incapacidade total comprovada, necessitando de afastamento total de suas atividades laborais. Portanto, não basta apenas estar doente, a incapacidade precisa ser total e exclusiva.

Leia mais: Confira o Calendário de Pagamento do BPC 2024: Beneficiários já podem consultar as datas!

Essa nova medida traz uma maior segurança para o sistema do INSS, garantindo que somente aqueles que realmente necessitam do benefício o recebam. Além disso, também se torna um importante instrumento no combate às fraudes e à burocracia, agilizando e tornando mais eficaz todo o processo de concessão do auxílio-doença.

Veja Também:

SUA FOLHA já VIROU? APOSENTADOS e PENSIONISTAS recebem 2 SURPRESAS na FOLHA de PAGAMENTO (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.