Jornal JF
Fique por dentro das últimas notícias sobre INSS, economia, auxílios, 13º salário, FGTS e impostos com o Jornal JF - o mais completo e confiável

Entenda como a Rússia consegue se manter uma potência mesmo em meio a guerra

Após dois anos de conflitos entre a Rússia e a Ucrânia, a economia russa se manteve.

0

Nos últimos dois anos, a economia russa tem sido alvo de diversas sanções ocidentais devido à sua intervenção no conflito da Rússia e Ucrânia. No entanto, surpreendentemente, o país tem demonstrado uma notável resiliência diante dessas pressões econômicas externas. Apesar das adversidades, o colapso no Produto Interno Bruto (PIB) não se concretizou, deixando analistas perplexos com a capacidade de sobrevivência econômica da Rússia.

Desde o início do conflito na Ucrânia, a Rússia enfrentou uma série de medidas econômicas restritivas impostas pelo Ocidente, incluindo embargos comerciais e restrições financeiras. No entanto, políticas de contramedidas e investimentos em setores estratégicos têm ajudado o país a minimizar os impactos negativos dessas sanções. Além disso, a diversificação das parcerias comerciais e a busca por novos mercados têm contribuído para mitigar os efeitos adversos sobre a economia russa.

Dessa forma, a Rússia demonstra uma determinação inabalável em proteger e fortalecer sua base econômica, garantindo sua estabilidade e continuidade no cenário internacional. Entenda como a Rússia consegue se manter uma potência mesmo em meio a guerra.

Como a Economia da Rússia na Guerra Surpreende Especialistas

economia da Rússia na guerra
Conflito Rússia e Ucrânia (Fonte: Reprodução Google)

Os números divulgados por Moscou parece mais otimistas do que a média, a capacidade de sobrevivência econômica do país é inegável. “De um ponto de vista puramente econômico, a Rússia tem um espaço considerável para continuar travando a guerra,” disse Hassan Malik, estrategista e especialista em Rússia na empresa de gestão de investimentos Loomis Sayles, ao Business Insider.

Leia mais: Governo vai substituir antecipação do saque aniversário? Entenda

As sanções se intensificaram desde o início do conflito, em 2014, quando a Rússia foi alvo de restrições comerciais após anexar a Crimeia da Ucrânia. No entanto, mesmo sob pressão, as receitas provenientes das vendas de petróleo têm sido uma âncora fundamental para a economia russa. Apesar dos desafios, o país continua encontrando maneiras de se manter estável.

Embora as tensões persistam e as sanções ocidentais representem um desafio significativo, a Rússia demonstra uma resiliência surpreendente. Sua capacidade de adaptar-se e encontrar soluções alternativas tem garantido sua sobrevivência econômica durante o período de conflito na Ucrânia.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Desafios em Meio ao Conflito Rússia e Ucrânia

No cenário da guerra entre Rússia e Ucrânia, a economia russa demonstra resiliência, mesmo diante dos desafios impostos pelo conflito. Enquanto a maior parte dos danos ocorre no território ucraniano, a Rússia consegue manter sua estabilidade econômica de forma mais pontual e restrita, como explica Malik, especialista em economia russa.

Leia mais: Descubra Agora: Calendário de Pagamento do 13º Salário do INSS!

Em meio ao primeiro ano de guerra, o PIB russo registrou um recuo de 1,2%, segundo dados oficiais de 2022. No entanto, analistas consultados pela Reuters apontam um crescimento de 3,1% em 2023, mostrando uma recuperação surpreendente da economia do país diante do contexto de conflito.

Enquanto isso, a Ucrânia enfrenta um cenário mais desafiador, com uma queda de 29% no PIB em 2022. Apesar disso, o Banco Central ucraniano estima um crescimento de 4,9% para o ano seguinte. A intensa demanda militar da Rússia impulsiona setores industriais, mas o país enfrenta desafios demográficos com a fuga de quase 1 milhão de russos, afetando a disponibilidade de mão de obra e elevando os salários.

Oitava maior economia

Como uma das maiores economias do mundo, a Rússia enfrenta a guerra com uma posição estratégica baseada em sua autossuficiência em setores cruciais como petróleo, gás natural e trigo. A habilidade do país em produzir essas commodities essenciais internamente proporciona uma vantagem diante das sanções impostas pelo Ocidente, permitindo-lhe resistir e adaptar-se aos desafios econômicos do conflito.

Leia mais: Lista Imperdível! 5 Benefícios que a Maioria dos Idosos Pode Receber – Saiba Mais!

Aliado a essa resiliência econômica, o governo russo implementou diversas medidas para fortalecer sua economia, incluindo a busca por novos mercados de exportação, como China e Índia, e o estímulo ao mercado interno por meio de subsídios para hipotecas e empréstimos. Essas estratégias visam mitigar o impacto das sanções ocidentais e manter a estabilidade econômica do país durante o período de guerra.

Apesar das pressões externas, a Rússia mantém suas contas equilibradas, com superávit registrado em parte devido aos altos preços das commodities. Diante desse cenário, o Kremlin continua a priorizar os gastos com defesa, refletindo seu compromisso com a manutenção da segurança nacional. Com uma gestão cuidadosa de seus recursos e reservas financeiras, a economia russa demonstra sua resiliência e capacidade de adaptação em tempos de conflito.

Veja Também: AULA 1 – SAIU o SEGREDO para sua LIBERDADE FINANCEIRA! GANHE + Dinheiro e SE LIVRE das DÍVIDAS

AULA 1 – SAIU o SEGREDO para sua LIBERDADE FINANCEIRA! GANHE + Dinheiro e SE LIVRE das DÍVIDAS  (Fonte: João Financeira TV).

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.