Jornal JF
Fique por dentro das últimas notícias sobre INSS, economia, auxílios, 13º salário, FGTS e impostos com o Jornal JF - o mais completo e confiável

Atenção: projeto prevê que idosos não podem mais contratar empréstimo consignado sem estar presente – Confira agora

Um novo projeto busca proibir a contratação de empréstimos por idosos sem a devida assinatura. Mas, será que isso significa o fim do crédito consignado? Descubra agora mesmo.

0

A Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado aprovou um projeto de lei que visa tornar obrigatória a assinatura em papel das pessoas idosas em contratos de empréstimo consignado feitos por meio eletrônico ou telefônico. Essa medida tem como objetivo proteger os idosos de possíveis fraudes e garantir uma maior segurança nas transações financeiras.

Contrato de Empréstimo Consignado para idosos

Novas regras para o empréstimo consignado (Fonte: Edição / Jornal JF)
Novas regras para o empréstimo consignado (Fonte: Edição / Jornal JF)

No dia 13 de março, quarta-feira, a proposta, apresentada pelo senador Paulo Paim (PT-RS), foi aprovada com o intuito de prevenir fraudes contra os idosos. Agora, o projeto segue para votação nas Comissões de Fiscalização e Controle e Defesa do Consumidor do Senado, sendo a última responsável pela decisão final.

Leia Mais: Descubra Agora: Existe idade máxima para financiar um imóvel?

Anteriormente, a obrigatoriedade da assinatura dos idosos para operações online já era uma lei do estado da Paraíba. O senador Paulo Paim propôs um projeto de lei para estender essa regra para todo o país.

A proposta, que limita a definição dos contratos à modalidade de consignação para desconto em aposentadorias, pensões, pecúlios, poupanças ou contas correntes, recebeu aprovação da Comissão de Direitos Humanos com o parecer favorável do senador Fabiano Contarato (PT).

Regras Empréstimo Consignado do INSS

Segundo as normas vigentes, os aposentados e pensionistas podem destinar até 45% do benefício para o empréstimo. Assim, dentro desse montante, 35% são destinados ao empréstimo pessoal, 5% para o cartão de crédito e 5% para o cartão de benefício.

Leia Mais: Atenção: Idosos com mais de 60 anos não podem ter reajuste nos seguros- Saiba seus direitos

Já os beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) podem destinar um total de 35% do benefício para o empréstimo, assim, 30% é destinado para os empréstimos pessoais, enquanto 5% fica para o cartão de crédito.

Além disso, o valor das taxas de juros dos empréstimos caíram, assim, as taxas diminuíram de 1,76% para 1,72%. Assim, para o cartão de crédito consignado e para o cartão benefício, a taxa saiu do valor de 2,61% para 2,55%.

Valores liberados para Empréstimo Consignado do INSS

Desse modo, com as porcentagens definidas para liberação dos valores, os aposentados e pensionistas do INSS que recebem o valor de um salário mínimo de benefício, atualmente R$ 1412, vão receber para empréstimos pessoais, R$ 20.700, com parcelas de até R$ 494,20.

Leia Mais: Anula Revisão da Vida Toda do STF: Não Perca os Impactos e Mudanças para os Aposentados!

Dessa forma, os segurados que recebem o BPC tem acesso a um total de R$ 17.740 para empréstimo pessoais, com parcelas de R$ 423,60. No caso do cartão de crédito consignado e para o cartão benefício, foi disponibilizado então um saque de R$ 1.526, com um limite de crédito de R$ 630,00.

Veja Também: BENEFÍCIOS na CONTA: NOVA CARTEIRA do IDOSO LIBERA SURPRESAS

BENEFÍCIOS na CONTA: NOVA CARTEIRA do IDOSO LIBERA SURPRESAS – VEJA AGORA como FAZER a SUA! (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extraTenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias! Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.