Jornal JF
Fique por dentro das últimas notícias sobre INSS, economia, auxílios, 13º salário, FGTS e impostos com o Jornal JF - o mais completo e confiável

Atenção Idosos que sofrem com Gastrite: Conheça lista de frutas que podem te ajudar a melhorar – Confira nossas dicas

Conheça os benefícios da graviola para a gastrite. Aproveite os benefícios da natureza.

0

No verão, os idosos encontram na riqueza das frutas uma fonte deliciosa de frescor e nutrientes essenciais. 

Entre essas opções, a graviola, carinhosamente chamada de “o doce milagre tropical“, desponta como uma ótima escolha para quem busca novos sabores e, principalmente, deseja priorizar a saúde, principalmente no que diz respeito à gastrite

Originária de regiões tropicais, a graviola é uma pequena fruta oval, cujas propriedades benéficas têm sido elogiadas por especialistas em saúde, como a nutricionista holística Yael Hasbani. 

Neste artigo, serão explorados os benefícios dessa fruta para a saúde digestiva, oferecendo aos idosos uma alternativa saborosa e saudável. Continue lendo e saiba mais.

As propriedades medicinais da graviola: uma aliada contra a gastrite

Frutas como a graviola auxiliam na melhora e combate à gastrite. (Fonte: Reprodução Google)
Frutas como a graviola auxiliam na melhora e combate à gastrite. (Fonte: Reprodução Google)

A graviola, cientificamente conhecida como Annona muricata, é uma fruta versátil que vai além do seu sabor semelhante ao abacaxi. Especialistas destacam que a graviola é fonte de antioxidantes e fibras naturais

Entretanto, a graviola não só previne o desenvolvimento de doenças como também promove a saúde digestiva, algo de extrema importância para todas as pessoas, principalmente que está na terceira idade

Segundo a nutricionista Yael Hasbani, a graviola pode ser incorporada de diversas formas na alimentação diária, desde sucos até chás, proporcionando uma variedade de opções para o paladar.

Leia mais: Desvendando os Descontos e Benefícios Ocultos da Carteirinha do Idoso

A graviola é reconhecida como um alimento nobre, sendo composta por aproximadamente 66 calorias, um grama de proteína e 16,8 gramas de carboidratos a cada 100 gramas. 

Ademais, seu alto teor de água não apenas a torna uma opção hidratante, mas também auxilia na prevenção da retenção de líquidos. Rica em antioxidantes, essa fruta tropical é uma aliada na fortificação das defesas do organismo, combatendo problemas gastrointestinais, hipertensão, gripes e resfriados.

CLIQUE AQUI e receba as principais notícias do JORNAL JF pelo WhatsApp

Benefícios da graviola para a saúde dos idosos

Os benefícios da graviola vão além do sabor e se estendem para a saúde dos idosos, especialmente aqueles que lidam com a gastrite

Além disso, a graviola é uma fonte significativa de vitamina C, essencial para evitar danos celulares causados pelos radicais livres. Essa vitamina desempenha um papel essencial na prevenção de doenças crônicas e problemas cardiovasculares.

Leia mais: INSS Anuncia Pagamento Extra de R$ 84.720 para Aposentados e Pensionistas – Saiba Como Receber!

Sol Vázquez, licenciada em Nutrição Integral, ainda ressalta que as propriedades antibacterianas da graviola, graças à presença de antraquinonas. Dessa maneira, essa característica torna a fruta uma aliada na prevenção de problemas como osteoporose e anemia, devido ao seu teor elevado de cálcio, fósforo e ferro

Ademais, a graviola também revela propriedades antirreumáticas, contendo terpenos que contribuem para o relaxamento muscular, aliviando dores reumáticas e favorecendo o sono tranquilo, algo especialmente benéfico para idosos, que frequentemente lidam com esses desconfortos.

Como incorporar a graviola na dieta diária

A inclusão da graviola na dieta diária pode ser feita de maneira simples e deliciosa. Os especialistas recomendam o consumo da graviola fresca, crua e inteira para preservar todas as suas propriedades benéficas. 

Portanto, para incorporar a graviola à alimentação, basta cortá-la ao meio para extrair a polpa, removendo as sementes, ou descascá-la e cortá-la em rodelas para adicionar a saladas, iogurtes, granolas ou bebidas. 

Contudo, é importante não comer as sementes, pois estas contêm uma neurotoxina chamada anonacina, relacionada a doenças neurodegenerativas. 

Além disso, vale ressaltar que, embora a graviola seja altamente benéfica, mulheres grávidas e lactantes devem ter cautela, pois suas propriedades podem afetar a qualidade do leite, sendo recomendável consultar um profissional de saúde antes.

Leia mais: Atualizações e Dicas Importantes sobre o Novo Valor do BPC 2024

Outras frutas que ajudam a melhorar os sintomas da gastrite

Ademais, é recomendado que se consuma pelo menos 4 porções de umas dessas frutas por dia.

  • cranberry;
  • maçã; 
  • banana;
  • pera;
  • mamão;
  • melão.

Veja Também:

ATENÇÃO:ÚLTIMAS NOTÍCIAS para APOSENTADOS INSS – JOÃO FINANCEIRA ao VIVO (Fonte: João Financeira TV).

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!
Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.